jornal dos guardados da mãe

R$65.00

Criado com a ideia de falar popularmente das questões relacionadas à maternidade, tanto nas suas belezas quanto nas suas angústias, o “Jornal dos Guardados da Mãe” é uma pequena publicação poética e artística que fala das “coisas de dentro”. Feito à mão por Genifer Gerhardt – mãe de Valentim (6 anos) e Aurora (gestando) – é ela quem assume os textos, as imagens e a própria diagramação e envio dos jornais.
Um impresso que você recebe em casa, unicamente pelos Correios.

Feito em modelo de assinaturas, você paga um valor único para receber os jornais no período de outubro de 2019 a dezembro de 2019.

– Qual a periodicidade do “Jornal dos Guardados da Mãe”?
Serão enviados no mínimo 3 jornais (1 jornal por mês). Não há um máximo previsto de edições, mas é bem possível que haja mais edições neste período – e você receberá todas elas.

– Mas então eu não sei ao certo quantas edições vou receber?
Exatamente. Você receberá no mínimo 3 edições, mas pode receber mais. Ou bem mais.
Fato é que este jornal é feito por uma só mãe. Solo. De 2 crianças. Uma mãe que confia que você pode compreender se ela estiver alegre e faceira conseguindo produzir vários jornais, mas que também pode entender se ela estiver em momentos onde precisa parar um pouco para parir. Ou para viver um puerpério emocionalmente alucinante. Ou para respirar, enfim.
Entender os tempos como libertadores, não como prisões. O tempo de criar. De estar. De fazer. De embalar. De partilhar, afinal. De partilhar.

– Qual o valor da assinatura?
Você paga uma parcela única de R$ 65,00.
Estão inclusas despesas de criação e envio de todos os jornais até o final de 2019. No caso de você fazer a assinatura posterior a outubro de 2019, você receberá todos os jornais retroativos.

– Jornais que já saíram?
Isso. Os jornais não são datados, não possuem validade. Com isso, você igualmente recebe todos os jornais – criados de outubro a dezembro.

A única questão temporal que envolve a criação dos jornais é o tempo de gestação de Genifer – em outubro fazendo 7 meses de gestação, sendo que em dezembro tende a nascer Aurora.

A Aurora nasce com o jornal; o jornal nasce com Aurora.
E as duas se entrelaçam em poesias e partilhas.

Categorias: ,

Descrição

Criado com a ideia de falar popularmente das questões relacionadas à maternidade, tanto nas suas belezas quanto nas suas angústias, o “Jornal dos Guardados da Mãe” é uma pequena publicação poética e artística que fala das “coisas de dentro”. Feito à mão por Genifer Gerhardt – mãe de Valentim (6 anos) e Aurora (gestando) – é ela quem assume os textos, as imagens e a própria diagramação e envio dos jornais.
Um impresso que você recebe em casa, unicamente pelos Correios.

Feito em modelo de assinaturas, você paga um valor único para receber os jornais no período de outubro de 2019 a dezembro de 2019.

– Qual a periodicidade do “Jornal dos Guardados da Mãe”?
Serão enviados no mínimo 3 jornais (1 jornal por mês). Não há um máximo previsto de edições, mas é bem possível que haja mais edições neste período – e você receberá todas elas.

– Mas então eu não sei ao certo quantas edições vou receber?
Exatamente. Você receberá no mínimo 3 edições, mas pode receber mais. Ou bem mais.
Fato é que este jornal é feito por uma só mãe. Solo. De 2 crianças. Uma mãe que confia que você pode compreender se ela estiver alegre e faceira conseguindo produzir vários jornais, mas que também pode entender se ela estiver em momentos onde precisa parar um pouco para parir. Ou para viver um puerpério emocionalmente alucinante. Ou para respirar, enfim.
Entender os tempos como libertadores, não como prisões. O tempo de criar. De estar. De fazer. De embalar. De partilhar, afinal. De partilhar.

– Qual o valor da assinatura?
Você paga uma parcela única de R$ 65,00.
Estão inclusas despesas de criação e envio de todos os jornais até o final de 2019. No caso de você fazer a assinatura posterior a outubro de 2019, você receberá todos os jornais retroativos.

– Jornais que já saíram?
Isso. Os jornais não são datados, não possuem validade. Com isso, você igualmente recebe todos os jornais – criados de outubro a dezembro.

A única questão temporal que envolve a criação dos jornais é o tempo de gestação de Genifer – em outubro fazendo 7 meses de gestação, sendo que em dezembro tende a nascer Aurora.

A Aurora nasce com o jornal; o jornal nasce com Aurora.
E as duas se entrelaçam em poesias e partilhas.


Você também pode gostar de…